1 de outubro de 2020

Cognitive and Cognitive-Behavioral Therapy for Substance Abuse Disorders

22 de dezembro de 20132min

Acesse: Terapias Cognitiva final.pdf

Terapias Cognitiva e Cognitivo-Comportamental em Dependência Química
Cognitive and Cognitive-Behavioral Therapy for Substance Abuse Disorders

Cláudio Jerônimo da Silva

Nas últimas décadas houve um grande avanço no uso clínico da Terapia Cognitiva (TC) aplicada a diversos Transtornos Psiquiátricos (Transtorno de Ansiedade; Transtorno de Personalidade; Transtornos Alimentares; Diversas Situações de crise 1 e Transtornos relacionados ao uso de substâncias psicoativas 2, 3, 4, 5). Esse interesse sobre TC se deveu aos resultados promissores de pesquisas controladas que confirmaram sua eficácia para o tratamento da Depressão quando comparada a grupos controles 6. A partir de então, a Terapia Cognitiva 6, 7, 8, a Terapia Comportamental (BT) 9 , a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) 10, 11 foram pesquisadas para outros transtornos mentais e mostraram-se eficazes, em vários estudos clínicos, para o tratamento da Dependência Química e dos outros transtornos psiquiátricos.
Este artigo não pretende esgotar o assunto das Terapias de linhas Comportamentais e Cognitivas. Ele se propõe a discutir com mais detalhes: (1) as teorias cognitivas e comportamentais; (2) as principais técnicas da TC; e (3) as técnicas utilizadas pela Prevenção de Recaída (PR) 8 e Treinamento de Habilidades (TH) 13


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter