Orientação familiar para dependentes químicos

3 de janeiro de 20141min

Acesse: ORIENTAÇÃO FAMILIAR PARA DEPENDENTES QUÍMICOS: PERFIL, EXPECTATIVAS E ESTRATÉGIAS

Orientação familiar para dependentes químicos

Neliana Buzi Figlie, John Dunn, Ronaldo Laranjeira

A abordagem familiar em dependência química teve início em 1940, com a criação dos grupos de Al-Anon por parte dos Alcoólicos Anônimos. A partir desta época o tema passou a receber maior atenção, sendo encontrados aproximadamente 400 estudos entre o período de 1954 à 1978 (18) e pelo menos o dobro deste número até 1988 (8; 17; 12).
Em 1981, Wegsheider (22) introduziu o conceito de co – dependência, caracterizado por uma obsessão familiar sobre o comportamento do dependente e seu bem-estar, onde o controle do consumo alcoólico passa a ser o eixo da organização familiar (4) .


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter