Abordagem Geral do Usuário de Substâncias com Potencial de Abuso

8 de dezembro de 20132min

Acesse: Abordagem Geral do Usuario de Substancias com Potencial de Abuso.pdf

Abordagem Geral do Usuário de Substâncias com Potencial de Abuso

Autoria: Marques ACPR, Ribeiro M

Agosto de 2008

Descrição do método de coleta de evidências:
As condições mais encontradas na população referentes ao abuso e dependência de substâncias químicas foram distribuídas entre os especialistas para elaboração do texto inicial. A elaboração destes textos foi fundamentada na experiência pessoal do especialista, nas recomendações de entidades internacionais com reconhecido saber na área e na literatura científica disponível. Nove textos relacionados à abordagem geral, álcool, nicotina, benzodiazepínico, anfetamina, maconha, cocaína, opiáceo e solventes foram apresentados para avaliação dos outros elementos, reunidos em grupo. A diretriz foi finalizada após a discussão em grupo, com acréscimo e subtração de conteúdo e referências científicas da literatura.
Grau de recomendação e força de evidência:
A: Estudos experimentais e observacionais de melhor consistência.
B: Estudos experimentais e observacionais de menor consistência.
C: Relatos ou séries de casos.
Objetivo:
Auxiliar o médico que faz atendimento geral, ou primário, a reconhecer, orientar, tratar ou encaminhar aos serviços especializados, o usuário de substâncias químicas com potencial de gerar abuso e dependência.


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter