27 de novembro de 2020

Moradia Assistida para dependentes do álcool: das bases teóricas às implicações para organizações de serviços.

23 de novembro de 20132min

Acesse:Moradia Assistida.pdf

Moradia Assistida para dependentes do álcool: das bases teóricas às implicações para organizações de serviços. Halfway house for alcohol dependents: from theoretical bases to implications for facilities organizations.
Alessandra Diehl Reis & Ronaldo Laranjeira

O objetivo deste artigo é fornecer uma revisão sobre as bases teóricas, conceituais e funcionais das Moradias Assistidas para doença mental e a sua correlação para o modelo da dependência química. Os autores fazem relatos de experiências internacionais e nacionais da utilização deste modelo e suas implicações para a organização de serviços destinados ao tratamento de usuários de substâncias psicoativas. Sugere-se este modelo como uma alternativa em potencial da continuidade de serviços para um grupo de dependentes de álcool e, esta área, como necessitando maior atenção e interesse em pesquisas futuras.
Palavras chaves: Tratamento Residencial, Moradia Assistida, Transtornos Relacionados ao uso de Álcool, Organização de serviços.


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter