Qual o papel dos profissionais de saúde do HUB diante de um cenário de risco de suicídio?

25 de setembro de 20233min23
01

Com o lema de 2023 “Se precisar, peça ajuda”, o HUB de Cuidados em Crack e outras Drogas apoia a campanha Setembro Amarelo que destaca a conscientização e a prevenção contra o suicídio, ela acontece mundialmente durante todo o mês de setembro.

O HUB é uma importante iniciativa de saúde gerenciada pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) que visa atender e oferecer tratamento as pessoas que enfrentam problemas relacionados ao uso de substâncias, em especial o crack, mas qual o papel dos profissionais de saúde do HUB diante de um cenário de risco de suicídio?

O Dr. Quirino Cordeiro, diretor da unidade explicou que a dependência química é um dos principais fatores de risco para morte causada por suicídio. Assim, o tratamento e o cuidado apropriados às pessoas que apresentam esse quadro clínico é de fundamental importância na prevenção ao suicídio. Logo, a disponibilidade de serviços para esse público, com acesso facilitado à assistência por parte dos pacientes, é estratégia de grande relevância em termos de saúde pública. No HUB, nossos profissionais, em seu trabalho clínico, têm um olhar especial para o manejo do risco de suicídio. A campanha do Setembro Amarelo é bastante importante nesse contexto, pois permite que o tema da prevenção ao suicídio ganhe cada vez mais espaço nas práticas assistenciais de todos os profissionais que trabalham no campo da dependência às drogas.

A abordagem adequada, a empatia e o encaminhamento para tratamento especializado podem salvar vidas. Portanto, é essencial que os profissionais estejam preparados para lidar com essas situações delicadas de maneira eficaz e compassiva. O simples ato de ouvir atentamente e sem julgamentos pode criar um espaço seguro no qual a pessoa se sinta à vontade para compartilhar seus sentimentos e pensamentos.

O HUB está comprometido em capacitar e orientar seus colaboradores, demonstrando um cuidado valioso com a saúde mental. Este mês, a equipe teve o privilégio de receber uma palestra do psiquiatra Dr. Elson Asevedo, coordenador do Programa Conversas de Vida, que se dedica à prevenção do suicídio, profissionais bem treinados e conscientes da importância de tratar essas situações com sensibilidade e compaixão desempenham um papel importante na preservação de vidas e no apoio àqueles que estão em crise.

Não esqueça: “Se precisar, peça ajuda”!


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


    Skip to content