Emergências – Ministério Lança Material Sobre Saúde Mental e Atenção Psicossocial para Profissionais Que Atuam Em Desastres

24 de maio de 20244min288
foto-atendimento-fn

O Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Emergências em Saúde Pública (DEMSP), lançou, este mês, a série Saúde Mental e Atenção Psicossocial. Voltado a profissionais de saúde, o material conta com cartilhas temáticas sobre saúde mental e atenção psicossocial no acolhimento de vítimas de emergências e desastres, além de uma série em vídeo chamada “Emergências em Foco”. O material cita como exemplo nas abordagens a tragédia climática que enfrenta o Rio Grande do Sul e está disponível no site do Programa de Formação em Emergências em Saúde Pública (Profesp).

A série Emergências em Saúde Pública destaca que vítimas diretas, indiretas e profissionais de saúde em atuação nos desastres sofrem impactos significativos em sua saúde e bem-estar. Nesse contexto, a escuta ativa e humanizada, juntamente com o desenvolvimento de estratégias de acolhimento, desempenha um papel fundamental na prestação de assistência às pessoas envolvidas. A cada dia, novos materiais serão disponibilizados no portal.

Acesso dos profissionais no RS

“Esses vídeos e cartilhas são embasados em evidências científicas e vão chegar a todos os municípios do Rio Grande do Sul. A ideia é que os trabalhadores possam acessar os materiais, se qualificar e colocar em prática os aprendizados sobre acolhimento em saúde mental e atenção psicossocial, principalmente nas primeiras quatro semanas depois do início do desastre”, destaca a psicóloga e consultora do Ministério da Saúde, Débora Noal.

Material disponível:

Cartilhas Temáticas – (em PDF)
Série: Saúde Mental e Atenção Psicossocial em Desastres

Vídeos
Série: Emergências em Foco

https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/2024/maio/ministerio-lanca-material-sobre-saude-mental-e-atencao-psicossocial-para-profissionais-que-atuam-em-desastres


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


    Skip to content