Heranças da pandemia: Quadros de ansiedade, depressão e estresse aumentaram

1 de fevereiro de 20211min

Com o mundo imerso em pandemia, não há quem não tenha, em algum momento, sofrido com o medo de se contaminar com o Sars-Cov-2 ou mesmo de perder entes queridos para a COVID-19. Porém, para além disso, o isolamento social e o consequente risco de infecção pelo novo coronavírus mudaram rotinas e colocaram à prova a saúde mental de bilhões de pessoas.

“Uma pandemia é um contexto que promove medo e insegurança de forma generalizada, mesmo que inconscientemente. E o estresse é uma resposta do corpo a situações de ameaça e emergência. A questão é que, no contexto em que estamos, não há uma ameaça isolada, que chega e se desfaz. As incertezas com relação ao futuro funcionam como uma ameaça constante na mente das pessoas, e isso pode gerar estresse crônico”, explica a psiquiatra Jaqueline Bifano.

Saiba mais em https://www.em.com.br/app/noticia/bem-viver/2021/01/24/interna_bem_viver,1230914/herancas-da-pandemia-quadros-de-ansiedade-depressao-e-estresse-aumentaram.shtml


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter