27 de novembro de 2021

Anorexígenos: por que é importante retirar esses medicamentos do mercado?

25 de outubro de 20212min68
Things-You-Must-Know-Before-Buying-CBD-Hemp-Capsules-for-Anxiety

Substâncias se mostraram ineficazes para a perda de peso e um perigo à saúde

O Supremo Tribunal Federal derrubou, na semana passada, a lei que permitia a produção, comercialização e consumo de quatro medicamentos para emagrecimento: mazindol, sibutramina, anfepramona e femproporex. Para a Anvisa, agência que regula o uso de medicamentos no Brasil, os riscos do uso dos últimos três medicamentos superam significativamente os seus benefícios. Dessa forma, a agência deverá dar encaminhamento para retomar a vedação sobre o uso e comercialização destas substâncias no país. Mas por que essas substâncias se tornaram tão populares no Brasil? E quais são os perigos que elas escondem?

A sibutramina, desenvolvida inicialmente como antidepressivo, atua no sistema nervoso central, especialmente sobre dois neurotransmissores – a serotonina e a noradrenalina – e provoca a sensação de saciedade. Já a anfepramona, o mazindol e o femproporex são drogas anfetamínicas, produtos sintéticos que estimulam a atividade do sistema nervoso central e, por tanto, impactam o comportamento do usuário de diferentes maneiras. As três substâncias são da classe dos “anorexígenos”, que reúne os medicamentos criados para induzir a aversão ao alimento ou a falta de apetite.

Leia mais em: https://vejario.abril.com.br/blog/manual-de-sobrevivencia-no-seculo-21/anorexigenos/


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter