Philip Morris, fabricante do Marlboro, coloca a cannabis na mira

3 de maio de 20211min242
prima-3-1

A Philip Morris International, fabricante dos cigarros Marlboro, está analisando fatores como a toxicidade da cannabis, eficácia e diferenças entre as opções farmacêuticas e de consumo. A empresa ainda está estudando o setor porque o mercado é muito novo e não há uma regulamentação sólida, disse o executivo.

Se a Philip Morris optar pela cannabis, isso pode fazer parte da estratégia “Além da Nicotina” da empresa, que inclui a adição de botânicos para expandir a oferta de produtos de risco reduzido com novos sabores como cravo, anis-estrelado ou camomila.

Veja mais em https://exame.com/negocios/philip-morris-fabricante-do-marlboro-coloca-a-cannabis-na-mira/


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter