28 de março de 2020

Escócia impõe preço mínimo ao álcool para combater consumo excessivo

27 de março de 20182min

Cada adulto da terra do uísque toma em média 271 litros de bebidas alcoólicas por ano

Terra dos melhores uísques do mundo, a Escócia anda muito preocupada com os excessos do consumo de álcool entre os seus cidadãos. Apaixonados por seus formidáveis pubs e bares, os escoceses estão entre os maiores consumidores de bebidas alcoólicas do mundo. Cada adulto no país toma em média o equivalente a 477 pints de cerveja por ano —ou algo como 271 litros. 

Toda essa dedicação etílica pode ajudar a manter o famoso bom humor dos escoceses, mas também é responsável por vários problemas de saúde e altos índices de dependência.

Para tentar mudar essa situação, o governo escocês decidiu agir. A partir de maio, a Escócia será o primeiro país da Europa ocidental a introduzir um preço mínimo para as bebidas alcoólicas.

Veja mais em: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/americo-martins/2018/03/escocia-impoe-preco-minimo-ao-alcool-para-combater-consumo-excessivo.shtml


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com