14 de agosto de 2020

Consumo frequente de bebidas alcoólicas durante isolamento pode piorar sintomas da ansiedade e da depressão

31 de março de 20201min

O consumo de bebidas alcoólicas, apesar de trazer um efeito imediato de relaxamento, pode causar um agravamento nos quadros de depressão e ansiedade e, ainda, no isolamento atual devido ao coronavírus Sars-CoV-2, exigir uma disciplina maior para manter a saúde mental em dia.

“O álcool tem esta duplicidade, um efeito agudo rápido que deixa a pessoa mais animada, um efeito poderoso imediato e prazeroso. Mas, infelizmente, o uso regular vai piorar os sintomas de ansiedade e depressão, além de um efeito indesejado com o aumento de doenças gástricas e o risco de uma série de doenças, como o câncer de mama”, disse o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, professor titular da Escola Paulista de Medicina.

Veja mais em: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/03/28/consumo-frequente-de-bebidas-alcoolicas-durante-isolamento-pode-piorar-sintomas-da-ansiedade-e-da-depressao.ghtml


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter