16 de outubro de 2021

“Alcoolismo destruiu minha infância”: a vida de quem convive com alcoólatra

20 de janeiro de 20211min232
Alcoolismo e depressão

Leidivânia Duarte, 28, de Paragominas (PA), não teve infância. Ainda criança, ela e os dois irmãos tiveram que lidar com o alcoolismo da mãe. Em casa faltava comida, roupas, afeto e a garota ia atrás da mãe nos bares, implorando para que voltasse para o lar.

Hoje, casada, Leidivânia se considera uma vencedora por ter superado todas as dificuldades da vida. Sua mãe está sóbria há cinco meses, se será para sempre, ela não sabe, e como diz um dos lemas do Alcoólicos Anônimos, prefere viver um dia de cada vez. Leia o relato da paraense.

Veja mais em https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2021/01/16/o-alcoolismo-destruiu-a-minha-infancia.htm


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter