29 de setembro de 2020

Visão de jovens costarriquenhos da zona rural, em programa de reabilitação, sobre o consumo de drogas.

1 de outubro de 20112min

MURILLO-CASTRO, Ligia  e  MIASSO, Adriana Inocenti. Visão de jovens costarriquenhos da zona rural, em programa de reabilitação, sobre o consumo de drogas. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2011, vol.19, n.spe, pp. 796-803. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692011000700018.

Trata-se de estudo qualitativo que teve como objetivo investigar a visão de jovens costarriquenhos, institucionalizados em duas organizações não-governamentais de Costa Rica, sobre o consumo de drogas ilícitas. A técnica de grupo focal foi aplicada para que os adolescentes expressassem seus sentimentos e suas vivências sobre o processo de consumo de drogas ilícitas. Entre os resultados, obteve-se que a percepção que os adolescentes têm de si mesmos está focada em processo de mudança e de desenvolvimento da identidade e experimentação que os faz tomar decisões negativas, como o consumo de drogas. As relações que têm com seus pais são conflitantes por virem de lares disfuncionais e de comunidades marginalizadas. Os amigos representam o apoio às suas vicissitudes e à indução do consumo. Há necessidade de o Estado de Costa Rica delimitar políticas públicas para melhorar a qualidade de vida dessa população.

Palavras-chave : Drogas Ilícitas; Adolescente; Relações Familiares.

acesse o artigo


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter