Fatores Prognósticos para o Abandono Precoce do Tratamento da Dependência do Álcool, Crack e Outras Drogas em uma Comunidade Terapêutica

30 de novembro de 20141min

Tese de Mestrado : Pablo Andrés Kurlander Perrone

Resumo: A presente pesquisa investiga os diferentes fatores que podem ser prognósticos para o tempo de permanência de dependentes de álcool e drogas em tratamento em uma Comunidade Terapêutica, assim como para o abandono, considerando que o tempo de tratamento inferior a três meses e o abandono são fatores prognósticos para a recidiva. Para isto foi realizado um estudo longitudinal num grupo de dependentes de álcool e drogas em tratamento numa Comunidade Terapêutica, visando avaliar as condições sociodemográficas, gravidade da dependência e a presença de ansiedade e depressão no início do tratamento. O desfecho do tratamento foi avaliado a partir de uma variável contínua (tempo de permanência-dias) e uma categorizada (abandono-conclusão)…

 

acesse: MESTRADO_PABLO.pdf


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com