25 de novembro de 2020

Concepção dos estudantes de enfermagem sobre promoção da saúde relacionada ao uso de substâncias psicoativas

23 de outubro de 20122min

Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol. 16, agosto, 2008
Universidade de São Paulo
São Paulo, Brasil
Delia Rojo, María; Villela Bueno, Sonia Maria; da Silva, Edilaine Cristina

Este estudo qualitativo objetivou indagar a respeito da concepção dos estudantes de graduação em enfermagem sobre a promoção da saúde, frente ao uso de substâncias psicoativas. Nove estudantes, cursando as últimas matérias do primeiro ciclo da carreira, participaram do estudo e foram reunidos em dois grupos focais. O referencial teórico metodológico se fundamentou na Teoria da Conscientização de Paulo Freire. Os dados foram interpretados mediante a análise de conteúdo, evidenciando-se que os estudantes encontram dificuldades no planejamento de estratégias de intervenção na promoção da saúde frente ao fenômeno das drogas, pois os conhecimentos adquiridos na universidade possuem uma tendência biologista, própria do modelo médico, reconhecendo-se assim uma desarticulação entre a teoria e a prática. Apesar disso, conseguem reconstruir seus conhecimentos e tomar consciência de seu papel como futuros promotores da saúde diante do uso e abuso de drogas.

acesse na íntegra


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter