Consumo de álcool pode estar ligado à diminuição do cérebro, aponta estudo

29 de março de 20221min61
42b9233e24

O Jornal Folha de S. Paulo traz detalhes de estudo realizado na Inglaterra, que identificou que o consumo de álcool esteve associado à diminuição geral do volume cerebral, algo que pode causar a redução da atividade neuronal. “O estudo tem um número grande de pessoas e isso nos ajuda a entender um fenômeno que não conseguiríamos com 100 ou 200 participantes, então ele ajuda a esclarecer que existe um mecanismo de agressão cerebral”, afirma Edson Amaro, neurorradiologista, pesquisador do Instituto do Cérebro e superintendente de ciência de dados e analytics do Einstein.

Os pesquisadores observaram o efeito que diferentes níveis de consumo do álcool —considerando ingestão diária de no mínimo 10 ml e até 40 ml— tinham no volume cerebral. Foi utilizado um mecanismo em que se analisou o efeito no volume das regiões branca e cinza.

Leia mais no link: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2022/03/consumo-de-alcool-pode-estar-ligado-a-diminuicao-do-cerebro-aponta-estudo.shtml


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter