25 de setembro de 2020

Aspectos Relacionados Ao Tratamento de Usuários de Crack e Álcool Em Um Serviço de Saúde Mental

23 de outubro de 20122min

Eliany Nazaré Oliveira, Tâmia Queiroz Lira, Adriana Gomes Nogueira Ferreira, José Vilson Barreto Araújo, Naiana Feitosa Nogueira, Mariana Peres Marinho, Gleisson Ferreira Lima

O estudo objetivou conhecer os aspectos relacionados ao tratamento de usuários de crack e álcool atendido pelo Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD) em Sobral – Ceará. Estudo exploratório-descritivo, documental, retrospectivo com abordagem quantitativa, realizado no CAPSAD. A amostra foi composta por 181 prontuários sendo, 97 de usuários de crack e 84 consumidores de álcool. Para a coleta dos dados foi utilizado um formulário desenvolvido com base no Roteiro de Acolhimento do serviço, foram organizados em ordem numérica e tabulados no Microsoft Office Excel, versão 2007, e posteriormente analisados com base na análise estatística. O mesmo foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) mediante CAAE nº 0069.0.039.000-11. Os resultados foram dispostos em 05 tabelas comparativas entre os usuários de crack e álcool. O sexo masculino representou 84,5%; 16,5% dos usuários de crack tinham de 11 a 19 anos, os de álcool nenhum caso nesta faixa etária.

Acesse na íntegra


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter