25 de novembro de 2020

Martin Raw tratamento dependência da nicotina

28 de novembro de 20134min

Acesse: Martin Raw tratamento dependencia da nicotina.pdf

Martin Raw tratamento dependência da nicotina

Ronaldo Laranjeira

PhD em Psiquiatria pela Universidade de Londres. Coordenador da Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas da UNIFESP
Fumar há muito deixou de ser um ato de glamour. É hoje o comportamento que mais produz mortes na história da humanidade. Em um século o cigarro matou mais do que as epidemias dos últimos dois mil anos.Cinqüenta por cento dos fumantes morrerão devido ao cigarro. Metade deles perderão cerca de dezoito anos de vida. Não é pouca coisa.Apesar dos 30 milhões de fumantes brasileiros saberem que fumar causa doenças cardiovasculares e câncer, 80% têm dificuldades em parar de fumar. A nicotina é a droga que provoca a maior dependência. Durante 30 a 40 anos, o fumante médio traga dez vezes um único cigarro e consome 20 cigarros por dia. Nenhum outro comportamento humano, a não ser respirar, é tão freqüente.
Conscientização dos riscos, determinação em buscar as vantagens de parar de fumar, e organização de uma forma coerente e lógica podem ser a chave do processo para abandonar o cigarro. O custo pessoal por adiar essa decisão é muito grande em termos de tragédia pessoal e familiar. Numa carta mencionada no final do livro, uma radiologista registra sua experiência:”Do ponto de vista pessoal e profissional, posso dizer que raramente os fumantes morrem rapidamente de condições agudas. Para muitos a morte vem lenta e dolorosamente, com as funções pulmonares gradualmente deteriorando-se até o ponto em que viver torna-se simplesmente uma questão de lutar para conseguir respirar. O sofrimento das famílias é muito doloroso, é como ver uma pessoa querida afogando-se sem que se possa fazer nada.”Vale a pena parar de fumar. Todas as pesquisas mostram que não importa a idade, por quanto tempo se fumou, ou mesmo a eventual doença que a pessoa tenha. Parar de fumar é a melhor coisa que um fumante pode fazer para sua própria saúde. Os benefícios começam poucas horas após o término do último cigarro e continuam por anos, até o risco de saúde do ex-fumante ficar igual ao de um não fumante. Isso é possível e desejável.
Este livro, escrito por um dos maiores especialistas internacionais nessa área, é de longe a melhor escolha para quem quer informações claras e objetivas para enfrentar as dificuldades no processo de parar de fumar. Martin Raw foi um dos pioneiros no tratamento Da dependência da nicotina a partir da década de 70. Ajudou a desenvolver a mais famosa clinica de ajuda a fumantes na Inglaterra. O estudo em que demonstrou que o chiclete de nicotina ajudava a parar de fumar, fez com que obtivesse um PhD na Universidade de Londres em 1985.Desde então, produz artigos científicos que estão entre os mais citados na área de fumo.


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter