27 de setembro de 2020

Seminário comemora 15 anos da Justiça Terapêutica

10 de maio de 20173min

Terça-Feira , 09 de maio de 2017
Ministério Púbico de São paulo
"O MPSP se preocupa com a questão de álcool e drogas", disse Gianpaolo Smanio O Procurador-Geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, disse na manhã desta terça-feira (9/5), que a integração entre o Ministério Público de São Paulo, a Justiça, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo, junto com as comunidades e os grupos de autoajuda representa uma somatória de esforços que colaboram para manter o Programa Justiça Terapêutica por mais de 15 anos. Ele abriu o seminário “15 Anos de Justiça Terapêutica: o trabalho continua”, que aconteceu na OAB Santana. Segundo Smanio, o MPSP se preocupa com a questão de álcool e drogas e está atento a essa temática. O evento, em que foi exibido vídeo explicativo sobre o Programa Justiça Terapêutica, foi organizado pela Promotoria de Justiça Criminal de Santana e teve o apoio do Fórum Regional de Santana, da Associação Paulista do Ministério Público (APMP), do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) da Vila Maria e do Programa Recomeço Família. Também participou do evento o procurador de Justiça Mário Sérgio Sobrinho. O abuso de álcool e outras drogas e o papel da Justiça foi o tema do palestrante Luís Roberto Jordão Wakim, promotor de Justiça de Barueri, na Grande São Paulo, e membro do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Coned) e pós-graduado em Dependência Química pela Unifesp/Uniad. O atendimento dos casos judiciais de pessoas em abuso de álcool e outras drogas do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) foi explorado pela palestrante Ariella Hasegawa Galvão dos Santos, médica psiquiatra. Já o tema ações da Justiça Terapêutica no Estado de Goiás foi objeto de exposição de Thayssa Moiana, psicóloga e coordenadora de equipe do Programa de Justiça Terapêutica de Goiânia. Núcleo de Comunicação Social Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP) comunicacao@mpsp.mp.br
Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095

Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter