Depressão ou transtorno bipolar? Quais sinais diferenciam uma da outra?

22 de agosto de 20221min0
Nova Arte

Episódios de depressão que iniciam ainda na adolescência, histórico de transtornos de humor na família, períodos de alteração do sono, além de instabilidade de humor são apenas alguns dos 16 possíveis sinais de quem sofre de transtorno bipolar. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que 140 milhões de pessoas sofram com a doença no mundo. Já no Brasil, esse número chega a 6 milhões, segundo levantamento da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

O psiquiatra Renato Silva, especializado em bipolaridade e depressão, alerta que a dificuldade em fazer um diagnóstico preciso ocorre porque as características dos transtornos bipolares são muito semelhantes à de outros transtornos. “O caminho entre a procura de um médico e o diagnóstico correto demora, em média, de nove a 10 anos para identificar um transtorno bipolar do tipo 1 e algo entre 13 e 18 anos para diagnosticar transtorno do tipo 2”, enfatiza o médico.

Leia mais em: https://www.em.com.br/app/noticia/saude-e-bem-viver/2022/08/16/interna_bem_viver,1386910/depressao-ou-transtorno-bipolar-quais-sinais-diferenciam-uma-da-outra.shtml


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


    Skip to content