27 de novembro de 2020

Parlamentares usam dramas de pacientes para tentar legalizar a Maconha afirma secretário nacional Quirino Cordeiro Júnior

14 de setembro de 20201min

Em repúdio ao substitutivo ao projeto de lei 399/15, que trata do cultivo da maconha em território brasileiro e que tem movimentado diferentes frentes em um debate acalorado, o médico Quirino Cordeiro Júnior, secretário nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, afirma que parlamentares estariam se aproveitando de dramas pessoais de pacientes. A proposta no Congresso é de autoria do deputado Luciano Ducci (PSB-PR).

“O governo se preocupa, sim, com o acesso ao tratamento adequado para esses pacientes. Mas repudia veementemente o comportamento vergonhoso de alguns parlamentares que se escondem atrás de verdadeiros dramas pessoais de pacientes e famílias para defender a legalização da maconha no país”.

Veja mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/deputados-se-escondem-atras-de-dramas-de-pacientes-para-legalizar-maconha


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter