Evento discute o papel dos hospitais psiquiátricos nas novas políticas nacionais de saúde mental e drogas

10 de junho de 20224min45
agenda_senapred

Congresso promovido pela Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes de São Paulo (Fehosp) é sediado em Atibaia (SP)

A cidade de Atibaia (SP) recebeu até esta quinta-feira (09.06) o 31º Congresso Anual da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp). Na última segunda (6.06), o Ministério da Cidadania foi representado pelo secretário nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, Quirino Cordeiro, no debate sobre o papel dos hospitais psiquiátricos nas novas políticas nacionais de saúde mental e drogas.

“A nova Política Nacional sobre Drogas, instituída em 2019, incluiu os hospitais psiquiátricos como parte da rede assistencial a pessoas com dependência química”, lembra o secretário, que também apresentou as iniciativas do Ministério da Cidadania para o fortalecimento do segmento dos hospitais psiquiátricos filantrópicos, além das Emendas Parlamentares aportadas.

Os hospitais psiquiátricos também estão sendo credenciados pelo Governo Federal como Centros de Referência em Dependência Química (Ceredeq). Até o momento, três instituições já foram credenciadas pelo Ministério da Cidadania: Hospital Psiquiátrico Professor Severino Lopes, em Natal (RN), Hospital Psiquiátrico de Maringá (PR) e Hospital Psiquiátrico Francisca Júlia, em São José dos Campos (SP).

O secretário destacou ainda o recém-publicado edital de financiamento para hospitais psiquiátricos filantrópicos“Esse termo de colaboração tem o objetivo de apoiar as organizações que realizam, em ambiente hospitalar, o cuidado e o tratamento de pessoas com problemas decorrentes do uso de drogas. É mais uma oportunidade para o fortalecimento desses equipamentos”, explica.

No debate, o coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde, Rafael Bernardon, ressaltou a importância dos hospitais psiquiátricos na rede de assistência a pessoas com transtornos mentais e dependência química, a partir da publicação da nova Política Nacional de Saúde Mental, em 2017. Também estiveram presentes a gerente administrativa do Hospital Psiquiátrico São Leopoldo Mandic, Hérica Débora de Freitas, e o responsável pelo grupo de trabalho de Saúde Mental da Fehosp, Antônio Azevedo.

O Congresso

O 31º Congresso Anual da Fehosp teve como tema “Gestão da Saúde Filantrópica: Legado que inspira, futuro que transforma”. Ao todo, foram mais de 80 horas de programação, com 10 fóruns técnicos para debater temas como governança clínica, cadeia de suprimentos, gestão de pessoas, qualidade e segurança do paciente, inovação e tecnologia, entre outros.

FONTE: Assessoria de Comunicação – Ministério da Cidadania, com informações da Fehosp


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


    Chegou o aplicativo da UNIAD. Tenha tudo na palma de sua mão.    
    +
    Skip to content