CNPq/MCTI lança nova chamada de bolsas no exterior

10 de janeiro de 20223min62
Artes Capa Site

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) lança nova Chamada Pública para apoiar projetos de pesquisa por meio da concessão de bolsas no exterior nas modalidades – Doutorado-Sanduíche no Exterior (SWE) e Pós-Doutorado no Exterior (PDE).

A iniciativa garante a concessão das bolsas SWE e PDE vinculadas a projetos de pesquisa, fortalecendo o componente institucional e a cooperação internacional entre grupos de pesquisa brasileiros e estrangeiros. Os projetos serão submetidos pelo coordenador, que poderá solicitar até R$ 300 mil em bolsas a serem indicadas posteriormente, nas modalidades previstas na chamada.

Serão destinados, ao todo, R$ 25 milhões para a Chamada CNPq nº 26/2021 – Apoio à Pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação: Bolsas no Exterior.

Os projetos serão julgados considerando o rigor e o método científico, bem como outros conceitos fundamentais para a produção do conhecimento científico de excelência. A proposta deverá ser submetida pelo coordenador do projeto e, considerando a complexidade na formulação de propostas de projetos internacionais, o prazo para submissão foi estendido a 90 dias, tendo como data limite 30 de março de 2022. A divulgação do resultado preliminar está prevista para 13 de maio de 2022.

Essa Chamada para a concessão de Bolsas no Exterior será complementada por outra Chamada de Bolsas no País, a ser lançada nos próximos dias, sendo as duas, desdobramentos da antiga Chamada de Bolsas Especiais, tendo em vista a atualização da missão do CNPq de fomentar a pesquisa para o desenvolvimento científico, tecnológico e a inovação do País e de fortalecer a rede de cooperação internacional.

Acesse aqui a chamada na íntegra.


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter