Panamá volta a bater recorde anual de apreensão de drogas

29 de dezembro de 20171min

Diário Catarinense

 As autoridades panamenhas apreenderam 84 toneladas de drogas em 2017, uma cifra que marca um novo recorde nas apreensões no país centro-americano, que responsabiliza a Colômbia pelo aumento da produção de substâncias ilícitas. 

O ministro de Segurança do Panamá, Alexis Bethancourt, anunciou nesta quarta-feira que as autoridades panamenhas apreenderam neste ano 84,6 toneladas de droga, principalmente cocaína, 12 toneladas a mais que em 2016. Entre 2014 e 2016, o cultivo de drogas na Colômbia subiu de 69 mil para 146 mil hectares, e a produção passou de 442 para 866 toneladas de alcaloides, de acordo com as Nações Unidas.

 

acesse: 

http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2017/12/panama-volta-a-bater-recorde-anual-de-apreensao-de-drogas-10105299.html

 


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com