Lobby da maconha: Câmara recebe exposição e audiência pública sobre “benefícios” da droga

5 de dezembro de 20232min55
exposicação-cannabis-camara

No dia 28 de novembro de 2023, a Câmara dos Deputados recebeu uma exposição patrocinada por entidades pró-maconha “medicinal”. A exposição tinha como objetivo mostrar os “benefícios” da maconha e os avanços comerciais da indústria do cânhamo, com o objetivo de tentar garantir uma liberação mais ampla da maconha no Brasil.

A exposição foi criticada por parlamentares da oposição, que apontaram que o evento foi financiado pelo dinheiro do contribuinte para valorizar a maconha, principalmente sob os argumentos de supostamente seria benéfica para o tratamento de algumas doenças ou até mesmo para melhorar a economia do país.

De acordo com o deputado Osmar Terra (MDB-RS), a exposição seria “ilegal”. Terra afirma que a real intenção é conseguir a liberação do cultivo da maconha para fins medicinais, o que tem ocorrido pela via judicial. “Existem ONGs que defendem o uso medicinal e que estão sendo usadas de fachada para o tráfico de drogas no Distrito Federal. Dizem que vão vender maconha medicinal, parece até que tem outra maconha, chamam de cannabis para dizer que é outra coisa, mas é tudo lobby”, denunciou.

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/lobby-da-maconha-camara-recebe-exposicao-e-audiencia-publica-sobre-beneficios-da-droga/


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


    Skip to content