“Governo do Estado de SP tem no CONED integrante que ensina usar droga”, denuncia o deputado Campos Machado em ofício ao Secretário de Justiça , doutor Paulo Dimas

5 de junho de 20203min
Secretario Estadual de Justiça, dr. Paulo Dimas

Indignado com as recentes manifestações pela liberação da maconha, de autoria do youtuber Bruno Logan de Azevedo, que também é membro do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (CONED), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania, o deputado Campos Machado, líder do PTB na Assembleia Legislativa, oficiou ao secretário da pasta e desembargador Paulo Dimas, pedindo explicações, diante de tal controvérsia.

Campos lembrou que o CONED foi criado em 1986, para a prevenção ao uso indevido de drogas lícitas e ilícitas, e “ter em seus quadros alguém que age exatamente ao contrário dos objetivos do órgão é, no mínimo, paradoxal”.

No ofício, Campos ressalta que o referido membro do CONED “não só se manifesta abertamente a favor do consumo de maconha, crack e cocaína, como posta “lives” ensinando, de forma bem didática, como usar os cachimbos, papelotes e outros acessórios para obter um máximo proveito da droga a ser consumida, tudo isso voltado aos adolescentes”.

Tais atitudes são classificadas pelo deputado como uma “afronta e deboche às leis e ao Estado de Direito” e, ainda no documento, o parlamentar detalha que, gravemente, há a destinação de recursos públicos, de forma indireta, para essas práticas de Bruno Logan.

E esclarece que, se não por recebimento de “jetons” (remuneração paga pelo Estado) por reunião de que participa no CONED, isso se dá por pagamento de palestras, como a que ocorreu em 28 de maio de 2019, com o título “As Drogas no Banco dos Réus”, que custou R$ 750,00 ao erário, conforme publicado no Diário Oficial.

Foto: lançamento da Frente Nacional, em 2017


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter