‘Fuhrer das Drogas’: o desconhecido vício de Hitler em anfetaminas e outros narcóticos

5 de julho de 20221min8
site_uniad_05072022

Para aqueles que achavam que não havia mais nada para escrever sobre Adolf Hitler e o Terceiro Reich — dois dos temas mais discutidos e contados da história — há uma revelação que até agora havia passado quase despercebida.

Hitler era “o Führer das Drogas”. Ele teria sido “um viciado consumado cujas veias estavam quase em colapso quando ele se retirou para o último de seus bunkers”.

Esta afirmação é feita em um livro que foi um best-seller na Alemanha e agora foi traduzido para 18 idiomas, incluindo o português: Der Totale Rausch (Delírio Total).

O autor, Norman Ohler, fala da relação de Hitler com as drogas, incluindo cocaína, heroína, morfina e, acima de tudo, os perigosos e altamente viciantes precursores psicoestimulantes das metanfetaminas.

Para ler a matéria completa acesse: https://bbc.in/3nzZhqw


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


    Skip to content