O PLANO SECRETO DE DEUS – VALOR HUMANO

7 de dezembro de 20164min

Pe. Haroldo Rahms

      Se permanecermos com a teoria do universo evolucionário em Cristo pelo poder do Espirito Santo, a circunstancia de que há cerca de 13 bilhões de anos o universo equivalia a um núcleo extremamente compacto de matéria não significa necessariamente que ele se tenha formado naquela ocasião. Cientistas ensinam várias opiniões. Poderíamos imaginar com vários astrônomos, por exemplo, que vivemos num universo pulsante, que se encontra atualmente numa de suas fases de expansão. Com maior diluição do universo, a velocidade de expansão diminuiria; finalmente, a expansão do universo chegaria a um ponto de equilíbrio, passando em seguida a uma fase de contração. Tudo voltaria a se comprimir, até que finalmente existiria novamente um núcleo extremamente compacto de matéria, pronto a iniciar uma nova fase de expansão do universo.

      João escreveu: “Então vi um novo céu e uma nova terra. O primeiro céu e a primeira terra desapareceram, e o mar sumiu. E vi a Cidade Santa, a Nova Jerusalém, que descia do céu. Ela vinha de Deus, enfeitada e preparada, vestida como uma noiva que vai encontrar com o noivo” (Ap 21, 1).

      Em nosso cosmos peregrino temos muito valor. Somos preciosos.

      Somos muito mais valiosos do que possa parecer à primeira vista. Veja o corpo humano, por exemplo. Quando os pesquisadores somam o valor químico das partes que o compõem, podem concluir que não valemos muita coisa. Contudo, vários cientistas estimam que, ao considerarmos o valor monetário de nosso coração, dos pulmões, dos rins, do DNA e da medula óssea, cada um de nós vale US$ 45 milhões.

      E, como ser humano racional com um espirito imortal, com enorme capacidade para amar e experimentar as maiores alegrias da vida, nós somos ainda mais valiosos do que US$ 45 milhões.

      Antes de acender para os céus Jesus falou:

 

      “Deus me deu todo o poder no céu e na terra. Portanto, vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo e ensinando-os a obedecer a tudo o que tenho ordenado a vocês. E lembrem-se disto: eu estou com vocês todos os dias, ATÉ O FIM DO MUNDO” (Mt 28, 18-20).


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com