25 de setembro de 2020

Moraes participa, com Alckmin, de entrega da ‘central’ do programa Recomeço

20 de agosto de 20164min

Ministério da Justiça e Cidadania

Investimento em reformas e reestruturação do Cratod, que atende a dependentes de crack, foi de R$ 736 mil; unidade ganhou 12 novos leitos de observação e mais sete consultórios

O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes participou com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, nesta segunda-feira (15), na capital paulista, da entrega das obras de modernização e ampliação do Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas (Cratod), base do programa estadual Recomeço, de combate à dependência química.

Situado na região da Nova Luz, a unidade é voltada para a prevenção e tratamento dos transtornos decorrentes do uso indevido de substâncias psicoativas, dispondo inclusive de um Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (Caps AD), para atendimento aos usuários dependentes e suas famílias. Também é responsável pela organização, capacitação e manutenção das Redes de Tratamento do Tabagismo e Rede Recomeço no estado de São Paulo. As obras contemplaram reformas e modernização do térreo e 1° andar do edifício.

O setor de observação foi ampliado de 25 para 37 leitos, e adaptado para atender às diferentes necessidades dos pacientes, recebendo uma área de isolamento, com 3 leitos, além de dois consultórios e uma sala exclusiva para atendimento médico de emergência.

Com investimento total de R$ 736,1 mil para obras, mobiliário e equipamentos, as reformas atingiram também as instalações do Caps AD local. O número de consultórios médicos, por exemplo, passou de dois para sete. Além disso, o setor de odontologia do centro de referência foi totalmente reestruturado, com melhorias em consultórios e sala de próteses.

Além de promover atendimento contra a dependência química, a unidade também realiza a capacitação de profissionais de saúde para a implantação de Caps AD em municípios, sendo referência em orientações à população sobre os riscos do consumo de derivados do tabaco, álcool e demais drogas.

Recomeço
Desde 2013, o governo do Estado mantém um Plantão Judiciário e uma Unidade Social de Acolhimento no Cratod, que visam dar maior celeridade à triagem e encaminhamento de pacientes para internação, sejsem leitos de enfermaria ou em comunidades terapêuticas, ou acompanhamento ambulatorial nos Caps-AD (Centros de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas) municipais.

O Plantão Judiciário tem por finalidade agilizar o encaminhamento de pacientes para internação involuntária (com consentimento dos familiares) e compulsória (decidida pelo juiz) nos casos previstos em lei federal de 2001.

Até o momento o Cratod realizou 30.307 acolhimentos e fez 14.071 encaminhamentos de pacientes para internação, das quais 12.026 (85,5%) ocorreram de forma voluntária, isto é, com o consentimento do dependente.

O Cratod está localizado na Rua Prates, 165, no Bom Retiro. O telefone de atendimento é o (11) 3329-4455.



Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter