Usuários de maconha precisam de sedação duas vezes maior do que os outros pacientes no hospital

17 de abril de 20191min

Pesquisa norte-americana afirma que os consumidores habituais precisam até 220% a mais de propofol para conseguir uma sedação excelente

Os pacientes que consomem maconha regularmente podem precisar de uma sedação duas vezes maior do que o nível habitual quando se submetem a procedimentos médicos, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores no Colorado (EUA). O estudo, publicado no The Journal of the American Osteopathic Association, examinou mais de 250 registros médicos de pacientes que receberam procedimentos endoscópicos após 2012, quando o Estado do Colorado legalizou a cannabis recreativa.

Leia a matéria completa em: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/04/16/ciencia/1555413116_188030.html


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com