Pesquisa indica que o Brasil é mais conservador que média global na legalização da maconha

19 de junho de 20191min

Uma pesquisa do instituto Ipsos realizada em 29 países indica que os brasileiros estão entre os mais conservadores quando o assunto é legalização da maconha, tanto de uso medicinal como de recreativo.

De acordo com levantamento “Visão Global sobre os Vícios 2019” (“Global Views on Vices 2019”) 54% dos brasileiros acreditam que a maconha medicinal deveria ser legalizada no país, abaixo da média global de 57%. Já para o uso recreativo, apenas 24% apoiam a legalização, contra 26% da média global.

Link: https://oglobo.globo.com/sociedade/brasil-mais-conservador-que-media-global-na-legalizacao-da-maconha-23742379

Fonte: O GLOBO


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com