20 de outubro de 2021

Marco regulatório da Cannabis: quais são os riscos da liberação do plantio de maconha no país?

15 de junho de 20212min170
cannabis-marco-regulatorio-riscos-plantio-maconha

Fontes ouvidas pela Gazeta do Povo apontam que o marco regulatório da Cannabis traz riscos, tanto em termos de saúde quanto de segurança pública. Os principais pontos citados são as dificuldades para a fiscalização adequada dos locais de plantio da Cannabis, o que poderia alimentar o comércio de maconha no país, que é ilegal; a ampla flexibilidade na prescrição médica de produtos à base de Cannabis; e uma possível redução da percepção do risco que a maconha representa.

Para Quirino Cordeiro, médico psiquiatra e secretário da Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred), a proposição não atende adequadamente quem necessita dos medicamentos, além de indiretamente permitir o acesso de dependentes químicos a produtos à base de maconha. “Se o propósito é a liberação dos medicamentos, o foco deveria ser criar regulamentações para o mercado e incorporar os medicamentos gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS) e não liberar o plantio no país”, afirma.

Leia mais em https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/marco-regulatorio-da-cannabis-riscos-liberacao-plantio-maconha-brasil/


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter