13 de agosto de 2020

Internação por surto psicótico ligado à maconha cresce 30 vezes em Portugal

20 de dezembro de 20191min

Em 15 anos, as internações por por surtos psicóticos ou esquizofrenia associadas ao consumo de maconha aumentaram quase 30 vezes em hospitais públicos de Portugal, revela estudo publicado na revista científica International Journal of Methods in Psychiatric Research. Em Portugal, a propriedade e o consumo de Cannabis e outras drogas foram descriminalizados em 2001. Só é considerado crime se a pessoa possuir mais de dez doses da droga.

Para o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, professor titular da Unifesp e diretor da Uniad (Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas), o estudo português e os outros artigos recentes reforçam a ideia de que o uso de maconha piora todos os indicadores de saúde mental de jovens.

Veja mais em: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2019/12/internacao-por-surto-psicotico-ligado-a-maconha-cresce-30-vezes-em-portugal.shtml

Fonte: Jornal Folha de S. Paulo


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter