Evidências científicas condenam a maconha

18 de junho de 20191min

O jornalista Carlos Alberto Di Franco em seu texto para o Jornal O Estado de S. Paulo, falou sobre as: “evidências condenam a maconha”, citou o estudo realizado em fevereiro deste ano, o JAMA Psychiatry que trás a seguinte conclusão: quem usa maconha na adolescência tem um risco maior de desenvolver depressão ou comportamento e pensamento suicida anos mais tarde.

Carlos Di Franco citou também o estudo realizado pelo pesquisador Jordan Bechtold, o estudo mostrou os perigos do consumo de cannabis entre os jovens. Ele indica que o uso regular de maconha por adolescentes aumenta em 21% a chance de desenvolverem sintomas psicóticos persistentes.

Acompanhe o texto: https://opiniao.estadao.com.br/noticias/espaco-aberto,evidencias-condenam-a-maconha,70002876156

Fonte: Jornal O Estado de S. Paulo


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com