Composto psicoativo da maconha prejudica fertilidade feminina, diz estudo

21 de maio de 20201min

Óvulos expostos ao THC, o composto psicoativo da maconha, tiveram suas estruturas prejudicadas, o que reduz a chance de serem viáveis para a fecundação. É o que revela uma pesquisa conduzida na Universidade de Guelph, no Canadá. De acordo com o trabalho, a maconha é a droga recreativa mais utilizada por pessoas em idade reprodutiva – ela é liberada para esse fim no país da América do Norte. E o aumento do uso da cannabis se deu em paralelo ao das porcentagens de THC na droga.

Veja mais em: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/05/13/composto-psicoativo-da-maconha-prejudica-fertilidade-feminina-diz-estudo.htm


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter