25 de setembro de 2020

Catanduva é Escolhida Para A Implantação Do Programa “Recomeço Família”

27 de setembro de 20163min

O Regional – Catanduva

O projeto é voltado para famílias e dependentes químicos

Da Reportagem Local

Catanduva foi escolhida para a implantação do Programa Recomeço Família. O projeto é voltado para as famílias e dependentes químicos. O município foi chamado para  ser piloto para a implantação do projeto por meio da Secretaria de Assistência Social.
 
O centro deverá ser implantado em Catanduva e atenderá as famílias abrangidas pelo território do Centro de Referência em Assistência Social  (CRAS) Imperial. Nela, será feita triagem dos dependentes químicos que buscarem o atendimento social para a sua recuperação. 
 
Na ação, as famílias receberão, por meio de grupos terapêuticos, palestras psicoeducativas e várias atividades, orientações e apoio de como proceder e colaborar na recuperação do dependente. 
 
“A família com dependentes químicos é uma família que está fragilizada e geralmente com vínculos rompidos”, ressalta o setor.
O Programa “Recomeço Família” é uma ação desenvolvida pelo Governo do Estado de São Paulo e tem como objetivo atender às famílias com dependentes químicos. 
 
Faz parte do Programa “Recomeço” oferecer proteção e atendimento multiprofissional aos dependentes químicos e seus familiares.
A metodologia construída com a Rede Intersetorial fará parte de uma cartilha a ser publicada em 2017 que sustentará a implantação desse projeto em todos os 645 municípios do Estado de São Paulo.
 
Reunião
Na última terça-feira foi realizada a reunião para elaboração e planejamento da implantação do Programa, na Secretaria de Assistência Social.
 
A reunião contou com a presença dos técnicos da Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social (DRADS) e representantes do CRAS Imperial, Unidade de Saúde da Família (USF) do Nova Catanduva, EMEI Gabriel Hernandes, EMEIEF Luzia Gradella, EMEF Cel José Pedro da Motta e o Plano de Desenvolvimento Sócio Territorial (PDST) do Nova Catanduva, onde será iniciado o programa.


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter