18 de setembro de 2020

Álcool e Direção – Beber ou Dirigir

5 de setembro de 20183min

É inegável a participação das bebidas alcoólicas em uma parte dos acidentes de trânsito com vítimas fatais no Brasil. Em comparação a várias outras causas, trata-se da maior causa de mortalidade com possibilidade de prevenção.

A importância dos acidentes associados a bebidas e direção é reafirmada também pelos elevados custos sociais do álcool e suas consequências para as vítimas e suas famílias. Podemos considera-lo, sem sobra de dúvida, um problema prioritário de saúde pública nos países em desenvolvimento, levando-se em conta o pesado fardo social e econômico resultante dos prejuízos materiais, gastos médico-hospitalares e perda de produtividade pessoal e das empresas.

Com o intuito de contribuir para a discussão do tema “beber ou dirigir”, este livro apresenta o resultado de estudos levados a cabo em diversas cidades do Brasil, por professores da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), do INPAD (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Políticas Públicas do Álcool e outras Drogas – www.inpad.org.br) do CNPq. Para tanto, os investigadores lançaram mão de um questionário e da aplicação de bafômetros em motoristas que circulam nas grandes vias de tráfego dos municípios avaliados, entabulando e estabelecendo estatísticas esclarecedoras sobre o comportamento em questão.

Os primeiros capítulos abordam os problemas associados ao beber e dirigir e a legislação nacional, para, logo após, apresentar os dados provenientes da pesquisa, elucidando os apesctos metodológicos que a norteiam e comparando os resultados obtidos antes e depois da Lei Seca. São analisados, em seguida, os dados sociodemográficos dos entrevistados e seu comportamento e conhecimento da legislação específica, apresentando os índices de aceitação das medidas preventivas.

Depois de tratar sobre as melhores intervenções relacionadas à prevenção de problemas, o livro reflete ainda sobre o impacto do primeiro ano da Lei Seca, quanto à sua eficácia nos lugares em que foi implementada, trazendo gráficos estatísticos que mostram o número de motoristas dirigindo alcoolizados.

Por fim, os anexos trazem o Questionário da Pesquisa Nacional Beber e Dirigir, utilizado na obtenção de dados, os Folhetos Educativos da Pesquisa Nacional Beber e Dirigir, e a Redação da Lei 11.705, a Lei Seca.

Acesse o conteúdo do livro na íntegra:  Álcool e Direção - Beber ou Dirigir


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter