29 de setembro de 2020

Políticas públicas relacionadas às bebidas alcoólicas

28 de abril de 20133min

Revista de Saúde Pública

ISSN 0034-8910 versão impressa

Rev. Saúde Pública v.41 n.5 São Paulo out. 2007

ARTIGOS ESPECIAL SPECIAL ARTICLE

Políticas públicas relacionadas às bebidas alcoólicas

Alcohol-related public policies

Sérgio Duailibi; Ronaldo Laranjeira

Unidade de Pesquisa em Álcool e outras Drogas. Departamento de Psiquiatria. Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil

RESUMO

O artigo apresenta uma revisão sobre estudos dos problemas relacionados ao consumo de bebidas alcoólicas e as estratégias para minimizá-los, abordando recentes evidências científicas. Para tanto, realizou-se pesquisa na literatura científica sobre políticas públicas relacionadas ao álcool, por meio das buscas nas bases MEDLINE, SciELO e LILACS. Políticas que visam a diminuir o consumo de álcool têm sido implementadas pelos países para minimizar os efeitos dessa substância na saúde e segurança da população, mas só recentemente tais estratégias e intervenções foram avaliadas cientificamente. Discutem-se as políticas de melhor custo-efetividade, capazes de promover redução dos danos e dos custos socioeconômicos relacionados ao uso de bebidas alcoólicas, por meio de estratégias conducentes à mudança de comportamentos e contextos de consumo prejudiciais aplicáveis em diferentes comunidades.

Descritores: Consumo de bebidas alcoólicas, prevenção e controle. Políticas públicas. Revisão [Tipo de publicação].

acesse; art_políticas_públicas_Revista_de_Saúde_Pública.pdf


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter