24 de novembro de 2020

“Acordo na Câmara poderá liberar a maconha no Brasil”, alerta o deputado Osmar Terra

10 de setembro de 20202min

Artigo do Deputado Osmar Terra, MDB/RS

“Está em curso o primeiro grande passo para legalização das drogas no Brasil. Os deputados Paulo Teixeira(PT), Marcelo Freixo (PSOL), e Luciano Ducci(PSB), tendo por trás a emergente indústria da cannabis(maconha), que vem se instalando fortemente nos 2 últimos anos no Brasil, e contando com a anuência do Presidente da Câmara, produziram um relatório para ser votado na próxima semana, que autoriza o plantio de maconha em grande escala no Brasil com o pretexto de fornecer matéria prima para a industria da maconha e derivados( a desculpa da maconha medicinal).

O mais grave é que estão anunciando um grande acordo com Frente Parlamentar do Agronegócio para produção de matéria prima em escala promovendo a “diversificação da produção”! Estamos assistindo a entrada do cavalo de Tróia da liberação das drogas no Brasil, pois o mesmo motivo que leva a liberação do plantio da maconha levará a liberação das demais drogas. Por que não? Pois todas elas podem criar um mercado muito lucrativo tanto para essas indústrias quanto para o agronegócio com sua “produção cada vez mais diversificada”.

É comovente a “preocupação” dos deputados petistas, psolistas e pessebistas em fazer crescer o lucro do agronegocio com a produção diversificada… o aumento da oferta de drogas e do número de jovens viciados e suas famílias destruídas, que já somam milhões no Brasil, certamente não terão mais importância diante de tantos interesses financeiros.”

*Publicado originalmente em http://diarioantidrogas.com.br/2020/08/19/grande-acordo-na-camara-podera-liberar-a-maconha-no-brasil-alerta-o-deputado-osmar-terra/


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter