27 de setembro de 2020

Uso de Entrevista Motivacional em Dependentes de Crack

25 de outubro de 20122min

Nepomuceno RCA, Sampaio AM, Freitas Filho E.

O objetivo deste artigo é rever estudos científicos que utilizaram a Entrevista Motivacional (EM) como instrumento terapêutico contra dependência ou abuso ao “crack” com o propósito de avaliar sua efetividade em relação a outras abordagens ou grupo controle. A metodologia empregada foi uma revisão bibliográfica da literatura científica sobre Entrevista Motivacional, prioritariamente por meio de pesquisa no Pubmed, Medline, Cochrane, Lilacs, Scielo. A literatura é essencialmente escassa quando se trata do uso da EM no tratamento da dependência ao “crack”. Nesta revisão, foram identificados dezoito estudos científicos e outras duas publicações sobre o tema. Os estudos científicos encontrados sobre eficácia da EM, apesar de escassos, mostram que essa abordagem apresenta resultados satisfatórios no tratamento da dependência ao “crack” ou cocaína.

pdf 40-115-1-PB.pdf


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter