O COTIDIANO DE GESTANTES USUÁRIAS DE CRACK

17 de setembro de 20131min

ANA CAROLINA LACERDA SCHEIBLER KUYAVA

Esse estudo aborda o cotidiano de gestantes usuárias de crack no período anterior à internação em hospital materno-infantil. O tema se mostra relevante devido ao crescente número de usuários de crack no Brasil, à gravidade cada vez maior desses casos, à necessidade de maior compreensão por parte dos profissionais da saúde a respeito doassunto e à escassa produção existente. O presente estudo tem como objetivo geral compreender o cotidiano de gestantesusuárias de crack. Os objetivos específicos são identificar as expectativas das gestantes usuárias de crack com a sua internação, conhecer como era o cotidiano da gestante usuária de crack antes da internação e descrever o tipo vivido de gestante s usuárias de crack.

acesse: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/77936/000898333.pdf?sequence=1


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter