Pesquisa da UNIFESP indica que a chance de um adolescente do sexo masculino tirar a própria vida é até três vezes maior do que uma adolescente mulher

30 de abril de 20191min

Matéria publicada no site UOL Notícias trouxe detalhes da pesquisa realizada pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), que foi publicada na Revista Brasileira de Psiquiatria. O estudo indica que a chance de um adolescente do sexo masculino tirar a própria vida é até três vezes maior do que uma adolescente mulher.

O psiquiatra Elson Asevedo disse que as garotas tentam se matar mais, mas as tentativas dos meninos são mais letais. São formas diferentes de cometer o suicídio, os meninos se matam mais por enforcamento e armas de fogo, enquanto as meninas utilizam pesticidas e drogas ou se jogam de lugares altos.

Matéria completa: https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2019/04/27/suicidio-cai-no-mundo-mas-cresce-ate-24-entre-adolescentes-no-brasil.htm


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com