25 de novembro de 2020

O suicídio é um erro médico do psiquiatra?

10 de novembro de 20201min

Quando o Dr. Rodney Vivian, médico psiquiatra em Ohio, nos Estados Unidos, foi processado por má prática depois que uma paciente psiquiátrica hospitalizada ter cometido suicídio, ele recorda que não tinha ideia do processo e de como seria difícil: “Eu pensei que a verdade e o bom-senso prevaleceriam. Como fui estúpido”, disse ele.

Embora o Dr. Rodney, que na época era diretor médico de um hospital psiquiátrico em Ohio, não tenha sido considerado culpado após dois recursos, o processo judicial se arrastou por seis anos, criando uma montanha-russa emocional de tristeza, medo, vulnerabilidade e ansiedade.

“O processo me consumiu muito, e havia um sentimento de injustiça. Foi incrivelmente humilhante e destrutivo; e passar por isso não me fez uma pessoa ou um psiquiatra melhor”, disse o Dr. Rodney.

Leia o artigo completo: https://portugues.medscape.com/verartigo/6505565


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter