Traumatismo crânio encefálico leve em crianças

27 de julho de 20121min

Protocolo Clínico Baseado em Evidências

O traumatismo craniano ocorre comumente na infância, é um dos mais frequentes motivos para procura de pronto-atendimento. A maioria dos traumas cranianos em crianças é menor e não associados à lesão cerebral ou sequelas em longo prazo. No entanto, um pequeno número de crianças que aparentam ser de baixo risco pode ter uma lesão intracraniana. O objetivo da avaliação de crianças com trauma craniano leve é identificar aqueles com traumatismo crânio-encefálico (TCE) e prevenir a deterioração e lesão secundária, embora limitando exames radiográficos desnecessários.

pdf Traumatismo_cranio_encefalico_leve_em_criancas__-PTC_BE.pdf


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter