14 de agosto de 2020

Reposicionamento do Profissional Médico para o Cuidado Baseado em Valor e nos princípios da Bioética

19 de março de 20201min

A Medicina não pode ser apenas uma fonte de riqueza, ganho, lucro. É, acima de tudo, uma profissão, uma atividade. Não é um produto de prateleira, para ser “consumido” por modismo ou oportunismo.

A remuneração justa e merecida deve ser a consequência, o efeito e nunca a causa, o objetivo da tomada de decisão clínica.

A tomada de decisão clínica, por sua vez, conjunta, compartilhada entre médico e paciente/família, deve ser baseada em evidências científicas de indicação (critérios de elegibilidade) e de contraindicação (critérios de exclusão) mas, sobretudo, precisa estar baseada em princípios éticos: autonomia, não maleficência, beneficência, justiça e equidade.

Leia mais em: https://www.iqg.com.br/2020/03/16/reposicionamento-do-profissional-medico-para-o-cuidado-baseado-em-valor-e-nos-principios-da-bioetica/


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter