AVALIAÇÃO DAS ALTERAÇÕES CEREBELARES DECORRENTES DA EXPOSIÇÃO AO ETANOL DA ADOLESCÊNCIA A FASE ADULTA.

31 de janeiro de 20151min

Polyane Alencar Cunha

O abuso de álcool tem alcançado proporções massivas, associado a uma série de consequências adversas, transformando-se num dos fenômenos mais generalizados das últimas décadas sendo, portanto o álcool, agente da doença alcoólica, um problema de saúde pública. Os jovens estão em fase de transição fisiológica e social, sendo a curiosidade, a pressão do grupo social, o modelo familiar, a propaganda e a falta de políticas públicas, os principais fatores de riscos que os conduzem para o consumo precoce de álcool.

acesse: Dissertacao_AvaliacaoAlteracoesCerebelares.pdf

 


Sobre a UNIAD

A Unidade de Pesquisa em álcool e Drogas (UNIAD) foi fundada em 1994 pelo Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira e John Dunn, recém-chegados da Inglaterra. A criação contou, na época, com o apoio do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP. Inicialmente (1994-1996) funcionou dentro do Complexo Hospital São Paulo, com o objetivo de atender funcionários dependentes.



Newsletter


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com