Moradia Monitorada - Unidade Recomeço Helvétia

Segunda, 04 Junho 2018 08:15

*Por Adriana Moraes

"Temos 36 vagas na moradia, onde o dependente em recuperação pode ficar por até 06 meses ou mais, dependendo da necessidade dele. Oferecemos oportunidade de tratamento, internação e se ele quiser pode se internar e tem onde morar" Dr. Cláudio Jerônimo

O Programa Recomeço do Governo do Estado de São Paulo completou 05 anos de atendimentos aos dependentes químicos. Destaco um dos frutos do Recomeço, o trabalho realizado pela Unidade Recomeço Helvétia, sob o cuidado e direção do psiquiatra Dr. Claudio Jerônimo.

A Unidade Recomeço Helvétia fica situada na Rua Helvétia, 55 – Centro de São Paulo, é gerenciada pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), dividi-se entre o Centro de Convivência para aqueles que estão numa fase inicial do processo, Enfermaria de Desintoxicação para uma fase intermediária do processo de tratamento e Moradia Monitorada para a fase final.

Moradia Monitorada

A Moradia Monitorada é um tipo de serviço que oferece moradia e tratamento para pessoas dependentes de crack em alta vulnerabilidade social, sem suporte social, que almejam a abstinência, que estejam numa fase final do processo de recuperação (já tendo passado pela desintoxicação ambulatorial ou em regime de internação) e estejam vinculados ao tratamento ambulatorial no Centro de Atenção Psicossocial - CAPS. [1]

A moradia da Unidade Recomeço Helvétia é composta por 36 camas (3 camas por quarto) sendo 12 para mulheres e 24 para homens, distribuídas em três andares (2 para homens e 1 para mulheres).

Palavras do Dr. Claudio Jerônimo sobre a Moradia Monitorada:

Chega um momento que o dependente diz “agora parei de usar droga, mas para eu me manter abstinente eu preciso de um suporte social, para eu poder me compor socialmente”, porque se o dependente voltar para a rua ou albergue, as chances de recair são grandes. A maioria dos usuários da região está na rua sem moradia, distante da família, então oferecemos para ele a Moradia Assistida Monitorada. Temos 36 vagas na moradia, onde o dependente em recuperação pode ficar por até 06 meses ou mais, dependendo da necessidade dele. Oferecemos oportunidade de tratamento, internação e se ele quiser pode se internar e tem onde morar. Temos essa linha de cuidado que vai desde aquele que por enquanto não quer parar de usar drogas até que resolve parar e está querendo um lugar para morar. [2]

Objetivos da Moradia Monitorada Unidade Recomeço Helvétia [1]

  • Garantir a proteção integral para dependentes químicos em alta vulnerabilidade social, que possuam algum grau de independência para as atividades da vida diária e que já tenham passado pelo processo de desintoxicação ou estejam passando por uma situação iminente de recaída, na vigência de um tratamento ambulatorial;
  • Garantir espaços que assegurem canais de participação, respeito às opiniões e às decisões individual-coletivas;
  • Possibilitar o (re) estabelecimento de vínculos familiares;
  • Desenvolver capacidades para autocuidado, construir projetos de vida e alcançar a autonomia;
  • Garantir a oferta de atividades semanais programadas para os usuários, com foco no estímulo ao desenvolvimento e à construção de um projeto de vida autônomo, tais como reuniões administrativas, grupos terapêuticos, prevenção de recaída, treinamento de habilidades sociais, atividades educacionais, culturais, sociais e de lazer;
  • Estimular o desenvolvimento de ações que possibilitem a construção de um projeto de vida autônomo, de forma sustentável;
  • Garantir capacitações profissionais e a articulação com o mercado do trabalho;
  • Assegurar endereço institucional de referência;
  • Possibilitar vivências pautadas no respeito a si e ao próximo, fundamentadas em princípios éticos de justiça e cidadania.


Informações sobre o Programa Recomeço: Disque Recomeço 0800 227 2863

Recomeco 04062018

*Adriana Moraes - Psicóloga da SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina) - Especialista em Dependência Química – Colaboradora do site da UNIAD (Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas).

Referências:

[1] Livro - CRATOD 15 anos: uma proposta de cuidado ao dependente químico https://www.spdm.org.br/images/uniad/Cratod_15_anos/CRATOD_15_ANOS.pdf
[2]https://www.uniad.org.br/interatividade/noticias/item/24565-o-psiquiatra-dr-claudio-jer%C3%B4nimo-falou-sobre-o-tratamento-na-unidade-recome%C3%A7o-helv%C3%A9tia

Ler 1160 vezes